O que é o Novo Testamento?

Coleção de 27 livros fala da história da Igreja do Senhor Jesus Cristo


8ebf7c3826c58060a7cb5cfee994dcd5

Você, provavelmente, já leu algum dos livros contidos no Novo Testamento. Para quem não está muito familiarizado com os textos dessa parte da Bíblia, pode parecer que os livros são organizados de maneira aleatória. Mas, é possível observar que ela é dividida em quatro classificações: “Biografia”, “História”, “Epístolas” e “Profecia”.

No livro “Estudos Bíblicos”, o bispo Edir Macedo esclarece: “É uma coleção de 27 livros, que falam da história da Igreja do Senhor Jesus Cristo. O ponto central da sua mensagem é a Nova Aliança de Deus com aqueles que aceitam Jesus Cristo como Senhor e Salvador. Esta aceitação não é algo teórico, nem um simples sentimento, não! Ela implica em obrigações, responsabilidades e privilégios da parte do seguidor do Filho de Deus. (…) O Novo Testamento foi escrito originalmente em koiné, grego mais popular, falado entre os habitantes da Grécia e até mesmo em boa parte do mundo romano da época. Exceção é o livro de Mateus e poucas frases soltas no meio do texto geral.”

Fazendo uma vista panorâmica do Novo Testamento temos: os quatro primeiros livros (Mateus, Marcos, Lucas e João), que narram a biografia do Senhor Jesus como homem aqui na Terra; depois dos quatro primeiros vem Atos dos Apóstolos, que conta como foi o surgimento da Igreja Primitiva; então, surgem as Epístolas, que são 21 cartas compreendidas entre os livros de Romanos até Judas; e, na sequência, vem Profecia, que é o livro do Apocalipse.

Vale observar que, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, os livros não estão sequenciados pela ordem em que os fatos aconteceram.

 

Universal.org / Imagem: Reprodução

Gostou? Compartilhe!