Leia antes de namorar

Vale analisar com lupa algumas características do possível pretendente, antes de qualquer atitude


1308-06-01.690x460

Ao observar um possível pretendente, em vez de fazer vista grossa, é preciso observar com lupa algumas características importantes. Até porque aquele homem musculoso, de olhos azuis, de botar no chinelo qualquer aspirante a Popeye (sim, aquele do desenho) pode parecer interessante em um primeiro momento, mas sabemos que a aparência não “segura” nenhum relacionamento. Bons princípios e caráter são os pontos que mais devem pesar na balança de avaliação do futuro namorado.

Banque a detetive

Os escritores Renato e Cristiane Cardoso falam a respeito desse tema no livro Namoro Blindado – O seu Relacionamento à Prova de Coração Partido. No capítulo 13, intitulado Puxando a ficha, Cristiane escreve que “todo mundo sabe que a aparência não é tudo. O problema é que, ainda assim, as pessoas dão muito mais valor ao que veem ou ouvem do que às qualidades que realmente fazem a diferença no relacionamento.”

A autora conta ainda que para estar ao lado de um parceiro fiel, verdadeiro, de palavra e que lhe dê toda exclusividade é necessário avaliar da forma certa. “Se procurar um bonito e milionário, está no mínimo errando o alvo – não que tal homem não possa ser bom e fiel, mas se o foco está no que consegue ver sobre a pessoa, provavelmente deixará de olhar e procurar o que precisa ter no relacionamento”.

Renato acredita que ter conhecimento é ter poder e, portanto, devemos utilizar essa arma a nosso favor. “A questão é entender a importância de colher o máximo de informação sobre uma pessoa antes e durante o namoro para não 'entrar em um fria'. Em um mundo cada vez mais populoso, onde pessoas mal se conhecem e podem facilmente ser quem quiserem atrás de uma tela, saber o máximo possível sobre um candidato a namorado é uma questão de sobrevivência. A pessoa 
poderá vir a ser um ótimo cônjuge ou se tornar seu pior pesadelo”, esclarece.

Por que procurar

Os contos de fadas dizem que as mulheres estão à espera de um príncipe encantado. Acho que não. O que as mulheres esperam, de fato, é um parceiro para dividir a vida e suas felicidades e que seja de opinião, definido, de palavra e que lhe dê segurança. Por isso, a ficha com informações de quem ele já foi, quem ele é e quem quer ser deve ser puxada, para não levar gato por lebre ou sapo por príncipe e para evitar frustração e divórcio.

“Há algumas características que uma mulher deve procurar em um homem e que farão dele um bom marido”, menciona Renato na publicação.

Confira alguns exemplos que elaboramos com base nas cinco características citadas no livro.

É preciso avaliar

Liderança

Provavelmente, você não quer ao seu lado um homem sem iniciativa, que dependerá de você até para trocar a resistência do chuveiro. Um parceiro que traz para si as responsabilidades e as assume passa segurança para a mulher

Segurança

Assim como há joio no meio do trigo, há moleques disfarçados de homens. E tudo o que uma mulher não quer é alguém ao seu lado para fazê-la bancar a babá

Domínio próprio

Se ele não tem as rédeas da própria vida e está sempre correndo para a barra da saia da mãe quando a coisa aperta, convenhamos que é, no mínimo, complicado estar ao lado dele

Comportamento com outras mulheres

Inclusive com as da família. Se ele grita com a mãe, possivelmente vai tratar você aos berros também

Ser de palavra

Alguém que não honra sua palavra se coloca em descrédito. Se ele mentiu uma vez para se safar, quem garante que não o fará em outras ocasiões?

 

Universal.org / Imagem: Reprodução

Gostou? Compartilhe!